As obras, a memória e o legado de uma intelectual que fez história em Mato Grosso do Sul

    Inaugurado em 19 de novembro de 2019, o Acervo Maria da Glória Sá Rosa é um espaço de pesquisa e visitação que abriga a biblioteca original de uma das intelectuais mais proeminentes do Estado de Mato Grosso do Sul. Professora, pesquisadora e escritora, Maria da Glória esteve à frente de várias iniciativas, como a fundação da Faculdade Dom Aquino de Filosofia, Ciências e Letras, atual UCDB, e da Aliança Francesa de Campo Grande. Destacou-se pelo importante papel na construção da identidade cultural do estado, sendo grande incentivadora de figuras célebres da cena musical. Dentre seus maiores legados está a vasta produção bibliográfica sobre as expressões artísticas locais (literatura, música, artes), além de crônicas e livros didáticos. Foi nomeada Doutora Honoris Causa pela UFMS e pela UCDB, dentre outros títulos honoríficos, e era membro da Academia Sul-mato-grossense de Letras. Doado à UEMS em 2017, seu acervo é objeto de um projeto de pesquisa coordenado por professores do curso de Letras, e recebe o apoio do Núcleo de Ensino de Línguas da UEMS.

O Acervo está dividido em três espaços

     O Espaço da Memória reproduz a biblioteca pessoal de Maria da Glória Sá Rosa, com a estante original restaurada, contendo obras de sua autoria, mais de 30 diários pessoais, álbuns de fotos, material de aulas; a escrivaninha original, com computador, cadeira e luminária; galeria de quadros, títulos, fotos e medalhas e a porta original de seu apartamento, assinada pelo artista plástico Ilton Silva.

    Na Midiateca, o visitante pode fazer consultas às obras físicas e ao acervo digital e audiovisual, que compreende filmes em VHS, documentários, entrevistas, entre outros.

     Na Biblioteca, estão alocadas as estantes com mais de 3.000 livros, entre títulos raros da literatura e da história sul-mato-grossense, obras em vários idiomas, além de revistas, dicionários, enciclopédias, histórias em quadrinhos, livros de arte, gastronomia, fotografia, e muitos outros.  

3.jpg

O Acervo Maria da Glória Sá Rosa é fruto do projeto de pesquisa cadastrado na Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPPI/UEMS), intitulado "Organização e Manutenção do Acervo Literário e Bibliográfico de Maria da Glória Sá Rosa", coordenado pelo Prof. Dr. Daniel Abrão.  O projeto tem por objetivo organizar, sob a forma de um banco de dados, o acervo literário e bibliográfico da autora. Por meio de procedimentos básicos para o armazenamento do material que o constitui, trabalha-se no sentido de organizar a coleção de originais, visando a atividades de pesquisa, que devem promover a produção de artigos, ensaios, dissertações e teses - estratégia determinante para a  preservação da riqueza cultural do acervo e a sua consequente divulgação

Daniel Abrão 

Coordenador

Graduado em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Mestre e Doutor em Teoria da Literatura pela UNESP - IBILCE - São José do Rio Preto. Tem experiência no ensino básico, no Município de Campo Grande, e desde 1999 é Professor efetivo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Tem experiência administrativa na criação e coordenação de Cursos de Graduação em Letras e Pós-Graduações Lato e Stricto Sensu. Atua nas disciplinas do campo literário na Graduação em Letras, no Mestrado Acadêmico em Letras e no Mestrado Profissional em Letras. É líder do Grupo de Pesquisa UEMS/CNPq Literatura e Humanidades desde 2002, com organização de pesquisas e eventos relacionados aos estudos literários, tendo como resultado a publicação de diversos artigos, capítulos e livros sobre literatura brasileira, crítica literária, literatura sul-mato-grossense, literatura e escola e, em parceria com órgãos e secretarias públicas, projetos de formação de leitores.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/1126660900406810

Aline Saddi Chaves 

Colaboradora

Doutora em Letras Português-Francês pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio de doutorado na Universidade de Paris 3 - Sorbonne Nouvelle, sob orientação de Sophie Moirand. Professora de Linguística na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, atua na Graduação e nos Mestrados Acadêmico e Profissional (PROFLETRAS). Desenvolve e orienta pesquisas em Análise do Discurso Francesa e Lingüística aplicada ao ensino de gêneros do discurso. É colaboradora do projeto de pesquisa "Organização e manutenção do Acervo bibliográfico de Maria da Glória Sá Rosa", líder do Núcleo de Estudos Bakhtinianos (NEBA/CNPq) e Chefe do Núcleo de Ensino de Línguas (NEL) da UEMS. É Cônsul Honorária da França em Campo Grande e Presidente da Associação dos Professores de Francês do Estado de Mato Grosso do Sul.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6047308880452890

Herbertz Ferreira

Colaborador

Possui doutorado em Linguística e Língua Portuguesa (PUC Minas). Ministra a disciplina Língua Brasileira de Sinais (Libras) para o curso de Letras Português-Inglês. Líder do grupo NEPLI-On (Núcleo de Ensino e Pesquisas Libras On-line). É colaborador do projeto de pesquisa "Organização e manutenção do Acervo bibliográfico de Maria da Glória Sá Rosa" e coordenador do Setor de Projetos do Núcleo de Ensino de Línguas (NEL) da UEMS. Orienta pesquisas no Mestrado Profissional de Letras (ProfLetras).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6167459778900900

Volmir Cardoso Pereira

Colaborador

Doutor em Letras/Estudos literários pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Possui graduação em Letras hab português/inglês pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (2005), tendo concluído o mestrado em Estudos de Linguagens pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2007) na linha Poéticas Contemporâneas. Atua como professor efetivo na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS - Campo Grande), ministrando disciplinas como literatura e cultura brasileira brasileira, literatura e sociedade, literatura e outros códigos estéticos e estágio supervisionado de língua portuguesa e literatura. Desenvolve atualmente projeto de pesquisa com o título literatura, cinema e sociedade: diálogos críticos sobre o contemporâneo, tomando como referência teórica os estudos interartes, a semiótica narrativa e a análise histórico-crítica de orientação marxista. Atua como professor e orientador no Mestrado Acadêmico em Letras oferecido na UEMS de Campo Grande. Foi coordenador do curso de Letras Português/Espanhol (2016-2018) na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, campus de Campo Grande.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4487640660005798